Quarta, 17 de outubro de 2018
(46) 984 000 614
Ciência

07/01/2017 ás 09h34 - atualizada em 07/01/2017 ás 09h56

406

/

O fóssil de 52 milhões de anos que pode dar pistas sobre a origem das batatas, dos pimentões e dos tomates
Cientistas dizem que a descoberta deve revolucionar o que se sabe sobre uma família de plantas que já inclui 2 mil espécies.
O fóssil de 52 milhões de anos que pode dar pistas sobre a origem das batatas, dos pimentões e dos tomates

O Fóssil de um fruto "incrivelmente incomum", que existiu há 52 milhões de anos. Assim o cientista Peter Wilf descreveu a descoberta, feita na Patagônia argentina, do que parece ser um ancestral das batatas, dos pimentões e dos tomates.A origem do achado é desconhecida: até agora só haviam sido encontradas algumas sementes.




Os cientistas, no entanto, acreditam que o fruto é mais antigo do que se pensava até agora. O exemplar é do gênero botânico Physalis, pertencente à família botânica das Solanaceae, e foi encontrado em uma floresta fossilizada na Patagônia.




No Brasil, há 32 gêneros e 350 espécies de Solanaceae. A família é importante para a alimentação humana e inclui a berinjela, o pepino, a batata, o tomate, a pimenta, o tabaco e flores como a petúnia, entre outros.


FONTE: G1/Foto: Peter Wilf

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium