Quinta, 21 de setembro de 201721/9/2017
(46) 984 000 614
Céu limpo
18º
25º
31º
Barracao - PR
dólar R$ 3,14
euro R$ 3,75
ESPORTES
Grêmio desperdiça chance de se aproximar do Líder.
Em um jogo dos reservas Botafogo leva a melhor.
Antônio Claudio Barracão - PR
Postada em 14/08/2017 ás 11h51
Grêmio desperdiça chance de se aproximar do Líder.

Se tudo continuar dentro do planejamento, o Grêmio seguirá o Brasileirão com teste para os jovens que subiram da base ao longo de 2017. Apesar de garantir que não abre mão da principal competição nacional , e mesmo mantendo distância no líder do campeonato  , o Técnico Renato Gaúcho admite que os titulares serão usados na Copa do Brasil e na Libertadores como prioridade.


    "Eu quero ser campeão. Nasci para vencer. Sou um vencedor. Até quando jogo o dois toques  com os  meus  jogadores  quero  ganhar. Vamos seguir lutando no Brasileirão. Matematicamente, ainda temos chance. Mas o caminho mais curto para chegar nesse título é a Copa do Brasil e a Libertadores" (Renato Gaúcho, técnico).


As próximas duas rodadas praticamente, no mínimo, time misto. Isso porque o Tricolor entra em campo na quarta-feira para abrir o confronto das semifinais da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, na Arena. Na semana seguinte é o jogo da volta, no Mineirão. Ou seja, nada de força máxima no próximo domingo, contra o Atlético-PR, e no dia 26, diante do Sport. Conta a favor que ambas as partidas serão em Porto Alegre. O primeiro duelo pelas quartas da Libertadores frente ao Botafogo está marcado para 13 de setembro.


– A cada rodada vai ficando mais difícil. O Corinthians vai tropeçar, mas o Grêmio, infelizmente, também, porque a gente vai ter que usar uma equipe diferente da Libertadores e Copa do Brasil. O Corinthians teve mais uma semana para trabalhar e descansar. É mais difícil, mas pode ter certeza que vamos disputar essas duas competições com a equipe titular e, no Brasileirão, vamos usar a garotada – disse Renato Gaúcho após a derrota para o Botafogo.


   O Botafogo reserva ganhou com merecimento do Grêmio reserva. O único momento em que o time gaúcho poderia ter empatado foi no fim do primeiro tempo, quando cercou a área do Botafogo, que marcava baixo, teve um pênalti a favor e desperdiçou com Marcelo Oliveira. Antes e depois, o time carioca esteve mais perto de fazer o segundo gol do que de sofrer um gol. O contra-ataque botafoguense é forte com titulares ou reservas, é o DNA do Botafogo de Jair Ventura. Guilherme, ex-Grêmio, virou jogador de confiança do técnico, mas é muito veloz e já fez gols importantes na temporada.

FONTE: Antonio Claudio
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium