domingo, 22 de julho de 201822/7/2018
(46) 984 000 614
Nublado
20º
Barracao - PR
Erro ao processar!
Seu Negócio Tri Banner topo
ESPORTE REGIONAL
Dionei Felipe defende pênalti, Vladi Silva define e o caneco de campeão fica com Dionísio
Jogo foi disputado na tarde de ontem (09) no Estádio Jacob Maram
Redação Barracão - PR
Postada em 10/12/2017 ás 09h52
Dionei Felipe defende pênalti, Vladi Silva define e o caneco de campeão fica com Dionísio

Atletas de Dionísio erguendo o troféu de camepão/Foto:Marcos Prudente

Após ficar no empate em 0 a 0 na ida da final da I Copa AMEOSC de Futebol Sub-17, Dionísio Cerqueira recebeu São João do Oeste no Estádio Jacob Maram e saiu atrás, após falha do goleiro Dionei, mas conseguiu buscar o resultado no segundo tempo com gol de Gustavo Carboneira em cobrança de falta. No tempo normal o jogo terminou empatado em 1 a 1, nos pênaltis deu Dionísio pelo placar de 5 a 4, com defesa e Dionei e definição de Vladi Silva. 


O jogo tinha tudo para ser diferente, afinal de contas Dionísio havia empatado a ida e diante sua torcida que prestigiaram a garotada, poderia ter facilitado mais ainda o título. Mas o goleirão que foi o menos vazado da competição, assim como um dos destaques do time no título, defendendo uma penalidade, foi infeliz na primeira bola que chegou em sua área e após gritar que a bola era dele, levou o gol entre as pernas. Junto com o tento veio o nervosismo de estar sendo derrotado em casa, Alemão quase colocou tudo a perder, quando foi chutado pelo goleiro adversário, no revide pisou no oponente e foi amarelado, porém se o cartão fosse outra cor não seria exagero. O técnico Jean chamou atenção do seu comandado, assim como o capitão Biro-Biro também levou um lero com o companheiro e aos poucos Dionísio foi entrando no jogo e antes de terminar o primeiro tempo só faltava o gol, porque as ações eram todas da casa. 


Segunda etapa os anfitriões voltaram a todo vapor, afinal de contas precisavam pelo menos o empate para levar para as penalidades. Chances eram criadas, mas o último passe ainda estava pecando. Se com bola rolando estava difícil, quem sabe com bola parada, Vladi sofreu falta, Guto Carboneira pegou a bola e ajeitou ao gramado, logo o técnico gritou; Na marca do pênalti!! O atleta bom de calculo fez o que seu professor disse, a bola estava caindo nas proximidades da marca penal, a zaga tentou cortar, mas acabou colocando contra o patrimônio, era o empate e o alívio. Apesar da disputa do título se encaminhar para as penalidades, Jean Carlos queria a vitória em tempo normal e a ordem para seus comandados foi; Ao ataque!! O time chegou ainda botar bola na trave, mas não conseguiu a virada.


Nas disputa de penalidades, Dionísio saiu defendendo e após três cobranças para cada lado, todos convertidas em gols, o goleiro que havia falhado no início se redimiu no fim e se tornou o herói do título, claro que tudo ficou a cargo do último batedor de Dionísio, Vladi havia entrado no segundo tempo e quando foi pra bola até gerou dúvidas, mas bateu muito bem e sacramentou o título cerqueirense. 


O Sub-17 assim como as outras categorias de base de Dionísio Cerqueira, tem a parceria com a Chapecoense, aonde atletas que se destacarem poderão ser aproveitados nas categorias de base da Chape. Este é o primeiro ano de escolinha.

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR:

FONTE: PAN/Marcos Prudente
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
1.231
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium