Quinta, 18 de outubro de 2018
(46) 984 000 614
Polícia

03/07/2018 ás 10h57

528

Redação

Barracão / PR

Irigoyen – “Roubo relâmpago” já é realidade da comunidade vizinha
Motochorros atacam mulheres e idosos saindo em disparada
Irigoyen – “Roubo relâmpago” já é realidade da comunidade vizinha
Motochorros em ação/Foto:Divulgação Internet

Internautas voltam a relatar roubos relâmpagos na cidade de Bernardo de Irigoyen, Misiones, Argentina. Usando a plataforma do Facebook, internauta relata novo ataque de Motochorro no município missioneiro, o que acende o alerta dos cidadãos argentinos, assim como dos brasileiros que circulam pelas ruas em seu cotidiano normal, como para compras e turismo.


O site Irigoyen Informa noticiou em sua página no mês de março e voltou a noticiar ataques à mulher e idosos de um crime que está em alta na Argentina, que chegou à remota cidade de Bernardo de Irigoyen, província de Misiones, fronteira com Dionísio Cerqueira/SC e Barracão/PR, municípios Brasileiro que tem forte circulação tanto dos Hermanos no território do Brasil, quanto brasileiros para lá, o que dá um bom fluxo de pessoas, assim como movimentação de dinheiro, o que levou alguns meliantes utilizar o Motochorro em ações que roubaram bolsas de mulheres e carteiras de idosos, que continham coisas de valores e dinheiro.


Crime em alta na Argentina, o Motochorro é uma espécie de roubo relâmpago. A vítima está andando na rua despercebida, quando o autor pilotando uma moto realiza o roubo e parte em disparada, com rumos ignorados. Os ladrões também se beneficiam do fator capacete, o que dificulta no reconhecimento da vítima e também dificultando a ação policial, uma vez que sem provas não se pode formalizar uma acusação.


Apesar de sites locais não estarem informando, existem relatos que a ação criminosa tem aumentado no território argentino, assim como no município vizinho, como informa o site argentino. Relatos recentes nas redes sociais mostram pessoas roubadas em novas investidas dos motochorros.



As principais dicas para evitar ser lesado, tendo prejuízos grandes por este tipo ação, são as mesmas de sempre; Andar ligado em tudo o que está acontecendo em seu redor, não guardar coisas de valor nas bolsas e evitar andar expondo objetos valorosos em via pública.   


FONTE: PAN

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium