Sábado, 22 de setembro de 201822/9/2018
(46) 984 000 614
Parcialmente nublado
17º
25º
27º
Barracao - PR
Erro ao processar!
Seu Negócio Tri Banner topo
INTERNACIONAL
Furacão Florence toca o solo na Carolina do Norte, nos EUA
Furacão de categoria 1 deve provocar enchentes catastróficas. Cinco estados declararam estado de emergência; cidades da costa estão desertas
Daiane Lima Bom Jesus do Sul - PR
Postada em 14/09/2018 ás 10h18
Furacão Florence toca o solo na Carolina do Norte, nos EUA

Foto: Reprodução/NBC

O olho do furacão Florence tocou o território americano no estado da Carolina do Norte na manhã desta sexta-feira (14). Apesar de chegar rebaixado à categoria 1, ele deve provocar "enchentes catastróficas" e trazer as tempestades mais fortes a atingir a região em três décadas, segundo autoridades. 


Segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês), o Florence atingiu os Estados Unidos às 8h15 (horário de Brasília) perto de Wrightsville Beach e com ventos de até 150 km/h.


Cinco estados declararam estado de emergência: Carolina do Norte, Carolina do Sul, Geórgia, Maryland e Virgínia, além da capital, Washington. Às 6h locais (7h, pelo horário de Brasília), pouco antes da chegada do olho do Florence, a Carolina do Norte tinha mais 321 mil endereços com falta de luz.


As cidades da costa estão praticamente desertas e tomadas por chuva, inundação e fortes ventos. 


De acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS), 4,9 milhões de pessoas devem ser afetadas por chuvas de mais de 250 mm nos próximos quatro dias. Brandon Locklear, do NWS, previu que vai ocorrer o equivalente a oito meses de chuva em dois ou três dias.


 Antes de atingir os EUA, o Florence chegou a ser classificado de categoria 4, em uma escala que vai até 5, com ventos máximos de 225 km/h. Apesar de ter perdido força, o NHC reiterou que o Florence continua criando "uma situação potencialmente fatal" devido aos riscos de que a tempestade retome força perto das áreas costeiras. 


Durante o fim de semana, à medida que se mover para o interior do continente, o Florence deve ter um "enfraquecimento significativo".

FONTE: G1
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium