11°C 22°C
Barracão, PR
Publicidade

Secretaria da Assistência Social participa de reunião sobre naturalização e documentação de migrantes em Santa Catarina

Fotos: Miltom Felipe Pinheiro/ SASA Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS), por meio da Gerência de Políticas para Igua...

14/11/2023 às 16h48
Por: Redação Fonte: Secom SC
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Fotos: Miltom Felipe Pinheiro/ SAS

A Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS), por meio da Gerência de Políticas para Igualdade Racial e Migrantes, participou de mais uma reunião na Polícia Federal de Santa Catarina para discutir a naturalização e documentação dos migrantes que chegam ao estado. O encontro contou com a participação de instituições como a Pastoral do Migrante, Organização Internacional para as Migrações (OIM), Círculos de Hospitalidade, Cáritas, Serviço Jesuíta e Delegacias de Migração. 

Continua após a publicidade
Design de Marcos Prudente

A secretária da SAS, Maria Helena Zimmermann, destaca que o Governo do Estado tem feito inúmeros esforços para avançar no atendimento a esse público e deve implantar nos próximos meses um Posto Avançado de Atendimento ao Migrante em Florianópolis. “Esse posto vai auxiliar os migrantes em questões de acolhimento, documentação e ingresso no mercado de trabalho, entre outras”, disse.

Continua após a publicidade
Design de Marcos Prudente

A gerente de Políticas para Igualdade Racial e Imigrantes da SAS, Regina Suenes, explica que a regularização documental dos imigrantes, tema da reunião da Polícia Federal, é uma das maiores dificuldades dos municípios catarinenses. “Iniciativas como essa são importantes para capacitar os profissionais da rede e promover a integração entre os serviços. Reiteramos o compromisso da SAS em promover a inclusão e cidadania das pessoas migrantes no estado”, disse.

Continua após a publicidade
Design de Marcos Prudente
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Ações voltadas aos imigrantes

Santa Catarina recebe uma grande quantidade de imigrantes desde 2010. Segundo dados do sistema Sismigra, da Polícia Federal, o estado conta atualmente com mais de 106 mil migrantes de mais de 120 nacionalidades. Desse total 51.496 estão inscritos no CadÚnico.

 O maior percentual é de venezuelanos, com 31.153. Os haitianos ocupam a segunda posição com 11.746 imigrantes.

A Gerência de Políticas para Igualdade Racial e Migrantes da SAS trabalha para contribuir na regularização de documentos dos imigrantes que chegam ao estado e realiza diversas reuniões com a Polícia Federal para buscar estratégias para melhorar, facilitar e dar mais celeridade a esse processo, que é uma das grandes dificuldades desse público. A SAS, por meio da Diretoria de Direitos Humanos, também é responsável por receber as denúncias de violação de direitos contra os imigrantes e encaminhamento aos órgãos necessários e acompanhamento dos casos.

Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família
Texto: Luciane Lemos e Helena Marquardt/ Ascom SAS.
(48) 3664-0916

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barracão, PR
16°
Tempo limpo

Mín. 11° Máx. 22°

16° Sensação
1.22km/h Vento
80% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h19 Nascer do sol
06h01 Pôr do sol
Sáb 21° 11°
Dom 21° 11°
Seg 23° 12°
Ter 21° 12°
Qua 22° 12°
Atualizado às 09h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,55 +0,01%
Euro
R$ 6,04 -0,09%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,02%
Bitcoin
R$ 386,662,91 +2,99%
Ibovespa
127,996,99 pts 0.27%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias