11°C 22°C
Barracão, PR
Publicidade

Adiada reunião para votar relatório sobre indenização por rompimento de barragens em Minas Gerais

Os desastres deixaram quase 300 mortos nessas cidades e causaram sérios danos socioeconômicos em Minas Gerais e no Espírito Santo

29/11/2023 às 06h58
Por: Redação Fonte: Agência Câmara
Compartilhe:
Isac Nóbrega/Presidência da República
Isac Nóbrega/Presidência da República

A comissão externa criada pela Câmara dos Deputados para fiscalizar os rompimentos de barragens e a repactuação dos danos realiza nesta quarta-feira (29) reunião para votar o relatório do deputado Helder Salomão (PT-ES).

Continua após a publicidade
Design de Marcos Prudente

A sessão será realizada às 14 horas, no plenário 6. Confira a pauta .

Continua após a publicidade
Design de Marcos Prudente

O documento faz 44 recomendações para corrigir falhas apontadas pelos atingidos no acordo de reparação conduzido pela Fundação Renova, representante das mineradoras. Desde 2021, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) passou a mediar o processo de repactuação dos acordos.

Continua após a publicidade
Design de Marcos Prudente

O parecer apresentado recomenda, entre outros pontos, que:

  • os atingidos participem das discussões e decisões sobre a repactuação;
  • a gestão do novo acordo seja feita pelo governo federal, não mais pela Fundação Renova;
  • os valores das indenizações sejam definidos por instituições independentes;
  • os recursos para a recuperação das áreas sejam aplicados nos municípios da Bacia do Rio Doce.

Confira a íntegra do relatório

Entenda o caso
A comissão acompanha os desdobramentos dos crimes socioambientais ocorridos nas cidades mineiras de Mariana (2015) e Brumadinho (2019), após o rompimento de barragens de rejeitos de minério de ferro. Os desastres deixaram quase 300 mortos e causaram sérios danos socioeconômicos em Minas Gerais e no Espírito Santo.

O rompimento da barragem de Fundão, da Samarco Mineração, em Mariana, deixou 19 mortos e provocou imenso impacto econômico, social e ambiental no vale do rio Doce, nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Já o rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, deixou mais de 270 mortos e afetou a bacia do rio Paraopeba, afluente do São Francisco.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barracão, PR
22°
Tempo limpo

Mín. 11° Máx. 22°

22° Sensação
0.77km/h Vento
51% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h18 Nascer do sol
06h03 Pôr do sol
Ter 21° 11°
Qua 22° 11°
Qui 24° 13°
Sex 22° 15°
Sáb 24° 15°
Atualizado às 13h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,54 -1,02%
Euro
R$ 6,03 -1,10%
Peso Argentino
R$ 0,01 -1,87%
Bitcoin
R$ 393,729,56 -0,53%
Ibovespa
127,961,91 pts 0.27%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias