E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(46) 984 000 614

Teste01
Tecnologia
MP do DF abre inquérito para apurar vazamento de dados de brasileiros do Facebook
Na semana passada, Facebook revelou que falha em ferramenta da rede social permitiu o acesso de 50 milhões de conta por hackers.
02/10/2018 11h38
Por: Daiane Lima
Fonte: G1
 Foto: Stephen Lam/Reuters
Foto: Stephen Lam/Reuters

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) abriu nesta segunda-feira (1º) um inquérito civil público para investigar o suposto vazamento de dados pessoais de brasileiros usuários do Facebook, após a empresa ter dito na sexta-feira (28) que hackers obtiveram acesso a 50 milhões de perfis da rede social. 

O promotor de Justiça Frederico Meinberg Ceroy, coordenador da Comissão de Proteção dos Dados Pessoais do MPDFT, comentou no despacho que o novo incidente de segurança aconteceu há menos de 10 dias do primeiro turno da eleição presidencial brasileira.

Ele também afirmou que comissão é responsável pela investigação da atuação da Cambridge Analytica no Brasil, empresa que ficou conhecida por ter feito mal uso dos dados de usuários do Facebook para influenciar nas eleições norte-americanas de 2016, que elegeram o presidente Donald Trump. 

O MPDFT citou, na portaria de instauração do inquérito que foi obtida pela agência Reuters, o fato de que o ataque cibernético "permitiu ao(s) criminoso(s) apropriarem-se dos chamados 'tokens' de acesso, chaves que autorizam o acesso dos usuários às contas". O MPDFT também afirmou que o ataque "pode ter permitido o acesso indevido a dados pessoais dos usuários como nome, sexo e cidade". 

O representante do MP determinou à Secretaria da Comissão de Proteção de Dados Pessoais para enviar ofícios ao Facebook, à presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber, à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao comandante do Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército Brasileiro, Carlos Alberto Dahmer, e ao diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) sobre a instauração do inquérito. 

O Facebook informou que ainda ainda não foi notificado pelo Ministério Público do Distrito Federal. "Estamos à disposição para prestar esclarecimentos às autoridades sobre o ocorrido", informou a empresa em nota.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Barracão - PR
Atualizado às 09h42
24°
Muitas nuvens Máxima: 26° - Mínima: 16°
24°

Sensação

15.4 km/h

Vento

63.6%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner arranha céu
Lixeira Slot 1
Tenis nike70 masculino1-01
Blogs e colunas
Imune02
Últimas notícias
K2 Lanches
Mais lidas
Net Tri
Schwingel Motos