Segunda, 17 de dezembro de 2018
(46) 984 000 614
Polícia

06/12/2018 ás 06h55

41

Daiane Lima

Bom Jesus do Sul / PR

Idoso é condenado a 9 anos de prisão por ameaçar a própria mulher e tentar matar policiais
Segundo o MP, homem disparou três tiros contra PMs em Xaxim
Idoso é condenado a 9 anos de prisão por ameaçar a própria mulher e tentar matar policiais
Ilustrativa

Um idoso, de 67 anos, foi condenado a nove anos de prisão em regime fechado por ameaçar a própria mulher, de 62 anos, e tentar matar os policiais que atenderam à ocorrência. O caso aconteceu em Xaxim, no Oeste catarinense, em janeiro. Ele foi condenado pelos crimes de homicídio qualificado tentado, resistência, posse de acessório de uso restrito e ameaça. A defesa informou na quarta-feira (5) que recorreu da decisão e que ingressou com pedido de habeas corpus.


De acordo com Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), que denunciou o caso, após discutir com a mulher, o homem a intimidou dizendo "vamos resolver isso agora" e foi até um cômodo da casa onde havia uma arma.


Ainda de acordo com o processo, por causa da ameaça, ela fugiu para a casa de um vizinho e chamou a Polícia Militar. Após os policiais conversarem com o homem para que ele saísse de casa e se apresentasse, o idoso impediu a entrada da PM na residência.


Depois de mais uma tentativa de diálogo, o homem abriu parcialmente a porta e atirou pelo menos três vezes contra os policiais, que não foram atingidos.


Ainda de acordo com a denúncia, após cinco horas de negociações que envolveram a PM de Xaxim, o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Xanxerê e de Chapecó e já com o início do deslocamento do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Capital, o homem se entregou.


Na casa do suspeito foram apreendidas uma arma de fogo usada para efetuar os disparos, três cápsulas de projéteis deflagrados e duas lunetas de mira telescópicas, uma delas classificadas como de uso restrito das forças armadas.


Julgamento


O homem foi julgado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Xaxim na sexta-feira (30). Ele respondia o processo em liberdade, e com a decisão recebeu a pena de nove anos de prisão e três meses e 15 dias de detenção, em regime fechado no presídio de Xanxerê.


O outro lado


A defesa alega que não há provas de que o idoso tenha atirado contra os policiais. Quanto a acusação de ameaça, o advogado Claudiomiro Antonio Moreira afirma que houve uma briga de família. "A mulher disse em juízo, que queria apenas dar um susto no marido e pediu perdão a ele e aos filhos."

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium