E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(46) 984 000 614

Teste01
Distrito Federal
Cuidadora é presa por estuprar paciente com paralisia no DF; vítima denunciou com ajuda dos olhos
Mulher cuidava dele desde 2015. Crime é de estupro de vulnerável, com pena de até 15 anos de prisão.
11/04/2019 10h26
Por: Daiane Lima
Fonte: G1
Enfermeira presa por estupro de vulnerável, no DF — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Enfermeira presa por estupro de vulnerável, no DF — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma cuidadora foi presa na quarta-feira (10) por abusar de um paciente com esclerose lateral amiotrófica (ELA) – doença que deixa a pessoa paralisada, sem poder nem falar. O crime é de estupro de vulnerável.

Segundo a ocorrência, ele só denunciou o caso depois que recebeu um computador em que pode se comunicar com a ajuda dos olhos.

A mulher foi denunciada à polícia. De acordo com o delegado, ela fazia sexo oral nele, beijava e colocava a mão dele nas partes íntimas dela.

Durante o inquérito, foram ouvidos a esposa da vítima, o filho deles e a cuidadora, que trabalhava na casa desde 2015. O paciente tem 54 anos. Já a mulher tem 36 anos.

Atualmente, ela está em prisão preventiva – por tempo indeterminado – autorizada pela 3ª Vara Criminal de Ceilândia.

Este tipo de prisão serve para garantir a segurança das investigações, impedindo o risco de fuga, por exemplo.

Se ela for condenada ao final do processo, pode continuar presa por um período entre 8 e 15 anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Barracão - PR
Atualizado às 00h47
16°
Poucas nuvens Máxima: 26° - Mínima: 15°
16°

Sensação

20 km/h

Vento

85.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner arranha céu
Lixeira Slot 1
Tenis nike70 masculino1-01
Blogs e colunas
Imune02
Últimas notícias
K2 Lanches
Mais lidas
Net Tri
Schwingel Motos