E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(46) 984 000 614

Teste01
Santa Catarina

Vereador capota viatura da Polícia Civil e é preso suspeito de ameaçar família em SC

Lucas Sernajoto (MDB) é policial civil e estava acompanhado de outro homem no veículo. Câmara de Vereadores de Aberlardo Luz deve suspender pagamento de parlamentar.

20/04/2019 07h48
Por: Daiane Lima
Fonte: G1
Suspeitos usaram carro da Polícia Civil em ameaça à família de ex-companheira de um deles — Foto: Reprodução/NSC TV
Suspeitos usaram carro da Polícia Civil em ameaça à família de ex-companheira de um deles — Foto: Reprodução/NSC TV

O vereador Lucas Sernajoto (MDB), que também é policial civil em Abelardo Luz, no Oeste catarinense, foi preso preventivamente na manhã de sexta-feira (19). Ele é suspeito de ameaçar uma família e capotar uma viatura da corporação, de acordo com a Polícia Civil. Outro homem, que estava no veículo, é considerado foragido.

 Por nota, a Câmara de Vereadores de Abelardo Luz afirma que, segundo a Lei Orgânica e o Regimento Interno, como o parlamentar não conseguirá exercer o mandato, ficará suspenso o pagamento do vencimento dele.

A família ameaçada é da ex-companheira do filho de um amigo do vereador. O homem estava com Sernajoto no carro da polícia na madrugada de quinta-feira (18).

De acordo com o diretor de Polícia da Fronteira de Chapecó, Carlos Augusto de Andrade, o carona deve se apresentar em breve na delegacia, mas até as 16h não havia sido encontrado. 

Ameaça

Os dois foram até o assentamento José Maria e ameaçaram a família na madrugada de quinta, segundo a Polícia Civil. Horas depois, o vereador capotou a viatura no interior do município.

Ele prestou depoimento na manhã desta sexta à Corregedoria da Polícia Civil. Também são investigadas denúncias de que eles atiraram para o alto em outra residência.

Em depoimento, o vereador afirmou que não estava bêbado e que foi enganado pelo filho do amigo.

Situação na Câmara

Caso o vereador não retorne ao cargo em 15 dias, o suplente dele será convocado, conforme a Câmara de Vereadores de Abelardo Luz. Ainda por nota, afirma que a Câmara "aguarda a apuração dos fatos pelos órgãos competentes, para, se for o caso, adotar os procedimentos necessários".

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.