Seu Negocio Tri Pop Up01

E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(46) 984 000 614

Teste01
Distrito Federal

‘Vampiro do Itapoã’: polícia procura suspeito de ter matado homem e bebido o sangue da vítima

Corpo de Heraldo José de Carvalho foi encontrado na tarde desta terça. Investigadores afirmam que autor do crime tinha 'hábitos de vampiro'.

15/05/2019 10h56
Por: Daiane Lima
Fonte: G1
Corpo de bombeiros e Polícia Civil encontraram o corpo em tubulação de esgoto no Itapoã — Foto: PCDF/Divulgação
Corpo de bombeiros e Polícia Civil encontraram o corpo em tubulação de esgoto no Itapoã — Foto: PCDF/Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal está à procura de um homem, suspeito de ter matado e bebido o sangue de Heraldo José de Carvalho, de 43 anos. O crime aconteceu na região do Itapoã e, de acordo com a investigação, o autor tinha "hábitos de vampiro".

O corpo de Carvalho foi encontrado na tarde desta terça-feira (14), em uma tubulação de esgoto, próximo à quadra 378 do Itapoã. Segundo os bombeiros, que ajudaram no resgate, o corpo apresentava uma lesão "possivelmente provocada por um objeto perfurocortante na cabeça e uma fratura no braço esquerdo".

O nome do suspeito não foi divulgado porque ele estaria foragido.

A 6ª Delegacia de Polícia, do Paranoá, começou a investigar o caso nesta segunda-feira (13). A mulher da vítima procurou a delegacia relatando o desaparecimento do companheiro desde o último sábado (11).

Segundo ela, o marido teria sido assassinado. Em depoimento à delegada Jane Klebia, responsável pela 6º DP, a mulher disse que havia uma testemunha do crime.

"A esposa da vítima contou que uma pessoa que testemunhou o crime. Segundo essa testemunha, o suspeito bebeu o sangue da vítima", disse a delegada.

Policiais foram à casa do suspeito e encontraram vários gatos, um cachorro morto e vísceras de animais. Até a publicação dessa reportagem, a polícia ainda tentava localizar o autor do crime.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.