Seu Negocio Tri Pop Up01

E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(46) 984 000 614

Teste01
Política

Relator diz que deve propor passar de 20 para 15 anos tempo de contribuição de mulheres

Samuel Moreira informou que mudança em relação à proposta do governo para a reforma da Previdência atende a pedido de deputadas. Parecer será apresentado nesta quinta (13).

13/06/2019 08h09
Por: Daiane Lima
Fonte: G1
Relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP)/ Divulgação
Relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP)/ Divulgação

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), afirmou nesta quarta-feira (12) que, no parecer sobre a proposta, deverá propor a redução de 20 para 15 anos do tempo mínimo de contribuição para as mulheres poderem se aposentar.

Samuel Moreira deu a declaração em uma entrevista coletiva na Câmara, após ter se reunido com o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e outros parlamentares. O parecer sobre a proposta será apresentado à comissão especial nesta quinta (13).

"A média de aposentadoria de uma mulher por tempo de contribuição é de 18 anos. Então, nós não vamos deixar os 20 anos propostos para mulheres e devemos levar a 15 anos, que é um desejo das mulheres desta Casa. Não é só um desejo, é um dado científico e importante", declarou o relator.

Moreira destacou, no entanto, que não fará mudança nas idades mínimas para aposentadoria propostas pelo governo: 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Segundo Samuel Moreira, também deverão ficar fora do parecer as seguintes propostas do governo sobre:

- mudanças na aposentadoria rural;

- mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC);

- a chamada "desconstitucionalização da Previdência".

Pouco antes de Samuel Moreira dar as informações, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o regime de capitalização proposto pelo governo ficará fora da reforma e que o tema voltará a ser discutido no segundo semestre. Moreira confirmou.

De acordo com Samuel Moreira, apesar das mudanças, tem "esperança" de que o projeto manterá a previsão de economia com a reforma, cerca de R$ 1 trilhão, assim como proposto inicialmente pelo governo.

Professoras

Numa entrevista coletiva na Câmara na noite desta quarta-feira, o relator também disse que está "lutando muito" para atender à solicitação de deputados que querem diminuir a idade de aposentadoria da mulher professora, de 60 para 57 anos.

Estados e municípios

Ainda na entrevista, o relator disse que a vontade dele era manter servidores estaduais e municipais na reforma da Previdência, mas acrescentou que "não há unidade" sobre o assunto.

Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a expectativa é que o tema seja discutido no plenário da Casa, próxima etapa da tramitação da reforma.

"Há um desejo de governadores e de membros da oposição de que ficassem no texto estados e municípios, mas nós vamos retirá-los com a possibilidade de um diálogo ainda e entendimento [...]. Tem segmentos de governadores que querem manter estados e municípios, que desejam que a reforma da Previdência seja aprovada dessa forma, mas não apoiam efetivamente a reforma da Previdência", declarou Samuel Moreira.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.