Teste01
Política

Médicos suspendem dieta oral de Bolsonaro e ele vai para alimentação endovenosa

Presidente segue sem dores ou febre

11/09/2019 10h01
Por: Daiane Lima
Fonte: Daiane Lima/PAN TV
REUTERS/Rahel Patrasso/Direitos reservados
REUTERS/Rahel Patrasso/Direitos reservados

Segundo boletim médico divulgado nesta quarta-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro passou a ser alimentado de forma endovenosa. Na segunda-feira (09), os médicos tinham introduzido uma dieta líquida para Bolsonaro. Porém, diante da evolução do quadro, o presidente só voltará a ingerir alimentos oralmente após novas avaliações. Ele segue não sentindo dores ou febre.

De acordo com o comunicado, o presidente apresentou nas últimas horas uma “lentificação dos movimentos intestinais e distensão abdominal”, que levaram a suspensão da alimentação oral e a “passagem de sonda nasogástrica”

Bolsonaro deu entrada no hospital na noite do último sábado (07), para passar por cirurgia de tratamento de uma hérnia incisional na região do abdome.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Barracão - PR
Atualizado às 20h06
15°
Poucas nuvens Máxima: 22° - Mínima: 11°
15°

Sensação

16.5 km/h

Vento

67.6%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner arranha céu
Seu pontes
Municípios
Ejaculacao slot 2
Últimas notícias
K2 Lanches
Mais lidas
Net Tri