E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(49) 9 9156-0163

Teste01
ENDIVIDAMENTO

Barracão - Zandoná tem aprovação de endividamento de mais de 5 milhões, para investimento e infraestrutura

Carência para começar a pagar dívida é de 2 anos

12/10/2019 14h58Atualizado há 2 meses
Por: Redação
Fonte: Marcos Prudente
Vereadores na votação em primeiro turno/Foto:Marcos Prudente
Vereadores na votação em primeiro turno/Foto:Marcos Prudente

O prefeito Marco A. Zandoná (MDB), mandou para Câmara de Vereadores, um projeto de lei que pede autorização para endividar o município em 3,3 milhões de reais, que com juros ao final do pagamento do empréstimo chegará 5,4 milhões de reais. O dinheiro que será tomado junto a Caixa Econômica Federal, será usado para investir em infraestrutura do município de Barracão/PR, com pavimentações de ruas na área urbana, de calçamentos e asfaltamentos.

Raquel Lima, servidora responsável pela parte contábil da prefeitura municipal, respondeu questionamentos dos vereadores, que preocupados com o volume da dívida, indagaram-na sobre a garantia de pagamento do empréstimo. Segundo Raquel, o município está praticamente sem pendências econômicas, o que levará ao abatimento sem aumento de tributos municipais, assim como contingenciamento de verbas.

Apesar de ser uma necessidade que a população pleiteia a anos, que é a melhoria das ruas, calçadas e escoamento da água, assim como aprovado por unanimidade,  alguns dos vereadores têm demonstrado uma certa preocupação com o endividamento, acreditando que por ser uma dívida a longo prazo, pode sim sofrer avarias no decorrer dos anos, dizendo que a verba poderia chegar a fundo perdido, através do Ministério do Desenvolvimento e emendas parlamentar.

  • Barracão - Zandoná tem aprovação de endividamento de mais de 5 milhões, para investimento e infraestrutura
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.