Quarta, 03 de Junho de 2020 21:58
(49) 9 9156-0163
Tecnologia Tecnologia

WhatsApp libera opção que impede que usuário seja incluído em grupos sem autorização

Função já estava na versão beta do aplicativo e agora chega para todos os usuários.

07/11/2019 07h52
Por: Daiane Lima Fonte: G1
Foto: REUTERS/Thomas White
Foto: REUTERS/Thomas White

Antes disponível na versão de testes do aplicativo, o WhatsApp liberou na quarta-feira (6) um filtro em que permite ao usuário configurar quem poderá adicioná-lo a grupos.

Até então não era possível impedir que administradores de grupos adicionassem livremente outros usuários. Com a nova função, quem usa o aplicativo pode determinar se quer continuar com a atual configuração ou se quer incluir autorizações. São três as opções:

Todos: Essa opção equivale ao modelo atual, que permite que qualquer administrador inclua novos membros no grupo sem que eles tenham solicitado;

Meus contatos: Essa opção requer que o administrador esteja na lista de contatos de quem será adicionado ao grupo;

Meus contatos, exceto: Essa opção permite a criação de uma lista de pessoas impedidas de adicionar membros sem o consentimento do usuário.

Para ativar, é preciso seguir os seguintes passos:

- Acesse as configurações do WhatsApp;

- Toque na opção "Conta";

- Clique na opção "Privacidade";

- Toque na opção "Grupos";

- Selecione a opção de privacidade em grupos conforme a sua vontade.

Na lista de contatos impedidos, é preciso incluir um a um.

Os contatos selecionados não ficam impedidos de enviar mensagens ou conversar com a pessoa: a restrição só impede que eles coloquem o usuário em grupos.

Nesses casos, o administrador que não puder adicionar um usuário a um grupo terá a opção de enviar um link de convite por mensagem. O usuário terá então 3 dias para aceitar ou não o convite antes que ele expire.

— Foto: Reprodução

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias