E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(49) 9 9156-0163

Teste01
Grêmio

Grêmio esbarra de novo no Flamengo e termina temporada sem vencer rival após nove anos

Derrota para o time de Jorge Jesus sem quase todos os titulares enfim faz Tricolor reconhecer superioridade rubro-negra

18/11/2019 08h19
Por: Daiane Lima
Fonte: GE
Everton em derrota do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Everton em derrota do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O domingo surgiu no horizonte como uma possibilidade do Grêmio se reafirmar e tirar a pedra Flamengo do sapato, mas terminou com nova derrota do Tricolor, agora por 1 a 0, para os cariocas, dentro da Arena. O clube gaúcho voltou a esbarrar no adversário sem grande parte dos titulares, levou pouco perigo ao gol de Diego Alves e acabou por reconhecer a diferença de nível existente entre as duas equipes. De quebra, terminou uma temporada sem vencer o rival depois de nove anos.

Antes de 2019, o último ano que o Grêmio não havia vencido o Flamengo fora em 2010, justamente com participação de Renato, técnico no segundo turno daquele Brasileirão. Foram dois empates. Desde então, pelo menos uma vitória por temporada o Tricolor buscava, seja no Rio, seja em Porto Alegre.

Neste ano, foram quatro jogos, dois por Brasileiro e dois por Libertadores. Três vitórias do Flamengo e um empate, com 10 gols sofridos, dois marcados e uma eliminação amarga na semifinal. O gol deste domingo saiu no fim do primeiro tempo, com pênalti polêmico em toque de mão de Léo Moura. O resultado fez o Grêmio enfim admitir uma superioridade do rival.

– Bato palmas para a diretoria do Flamengo porque fizeram um investimento muito grande, formaram um grupo para ganhar. Tem jogadores acima da média, tem grandes peças. O Grêmio não gastou 1% do que o Flamengo gastou e está no G-4. Não é que o Grêmio não esteja jogando um belo futebol, ele caiu do patamar que vinha jogando. O Flamengo está superior a todo mundo e a gente precisa reconhecer isso. Quem não reconhece está com ciúmes ou está cego – opinou o treinador.

Grêmio sofre com Flamengo em 2019

- Três derrotas (5x0, 3x1 e 0x1) e um empate (1x1)

- 10 gols sofridos

- 2 gols marcados

- Termina ano sem vencer após 9 anos

Grêmio termina o jogo com 6 atacantes

Renato voltou a escalar Michel como titular no meio-campo e justificou a escolha pela bola aérea novamente. Mas o problema na verdade surgiu mais à frente. As peças que funcionaram nos últimos cinco jogos não estavam em uma tarde boa. Os jogadores ofensivos colecionaram erros, a ponto de Tardelli ser sacado no intervalo.

O Grêmio levou perigo mesmo ao gol de Diego Alves em três momentos: em chute de Cortez de dentro da área, no primeiro tempo; em lance após o goleiro soltar a bola e Léo Moura tentar o toque por cobertura para David Braz, salvo por Renê; e em finalização de Pepê. Só esta última em jogada trabalhada, de troca de passes. As outras duas saíram em cruzamentos.

Everton ainda protagonizaria uma jogada individual que pode ser considerada chance de gol, mas a finalização não teve o brilho do drible do Cebolinha. O Grêmio acabou o jogo com Everton, Luciano, Pepê, Vizeu, André e Alisson, este último como lateral-direito. E, propositalmente, forçou a bola aérea, sem sucesso. Mesmo com um jogador a mais.

– Óbvio que sei que quando empilha atacantes, falta o meio. Mas aí tem que ter a leitura do jogo, a que tive: o empurrei os atacantes nos zagueiros, obriguei o Flamengo a ir para trás. Porque íamos ter jogadas pelos lados, tinha que aproveitar para ter gente dentro da área – justificou Renato.

O volume de jogo gremista não foi transformado em chances reais de gol. Apesar de terminar o jogo com 69% de posse de bola, o time de Renato levantou 22 bolas na área do Flamengo. Até conseguiu em alguns momentos finalizar, como em cabeçada de Michel. Mas esperava-se mais do Grêmio para provar seu valor contra o rival da goleada (mais) sofrida em 2019.

O elenco ganha folga nesta segunda-feira e volta aos treinamentos na terça-feira. O Tricolor é o quarto com 56 pontos, mas a derrota diminuiu a diferença para o quinto colocado, agora o Athletico, para três pontos. No entanto, ainda que seja ultrapassado pelo Furacão, a vaga direta para a Libertadores fica para o quinto colocado, já que o time paranaense conquistou a Copa do Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Barracão - PR
Atualizado às 16h06
23°
Poucas nuvens Máxima: 25° - Mínima:
23°

Sensação

12 km/h

Vento

37.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner arranha céu
Pulseira Masculina Slot 01
Dieta 21 dias (slot 1)
Blogs e colunas
Ejaculacao slot 2
Pingente Country Slot 2
Schwingel Motos
Últimas notícias
K2 Lanches
Colar Feminino Slot 3
Mais lidas
Net Tri
Brinco Country slot 4
Don José (slot 5)
Anel Pedra Verde Slot 5