E-mail

portalagoranoticias@gmail.com

WhatsApp

(49) 9 9156-0163

Teste01
VICE-PRESIDENTE

Aliel é eleito vice-presidente da Comissão da prisão em segunda instância

Comissão terá o papel de analisar a Proposta de Emenda à Constituição que trata da prisão de condenados em segunda instância

17/12/2019 14h13
Por: Redação
Fonte: ASCOM
Deputado Aliel Machado (PSB)/Foto:Divulgação ASCOM
Deputado Aliel Machado (PSB)/Foto:Divulgação ASCOM

O deputado federal paranaense Aliel Machado (PSB) foi escolhido nesta segunda-feira, 16, para ocupar a vice-presidência da “Comissão Especial da prisão em segunda instância”, instalada na última semana na Câmara dos Deputados. O parlamentar terá o papel de analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 199/2019) que trata da prisão de condenados em segunda instância.  Além de Aliel, foram eleitos Alexandre Leite (DEM-SP) como segundo vice e Coronel Tadeu (PSL-SP) como terceiro vice.  Quem preside a Comissão é o deputado Marcelo Ramos (PL-AM). 

Para o deputado, que na Comissão de Justiça e Cidadania (CCJ) foi favorável a alteração na Lei, a Comissão Especial tem o papel de debater o assunto com muita responsabilidade. “O combate à corrupção não pode ter cor partidária. O Brasil precisa deixar de ser o país da impunidade. É possível alterar a legislação, dentro do artigo 102 e 105, que não é causa pétrea. A alteração permitiria que a condenação em 2ª instância passe a ser considerado trânsito em julgado”, afirma ele.

A PEC teve a admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara em 20 de novembro e altera os artigos 102 e 105 da Constituição para estabelecer o trânsito em julgado da ação penal após o julgamento em segunda instância, extinguindo os recursos aos tribunais superiores. Para recorrer a esses tribunais, os interessados deverão iniciar outra ação.

"Essa proposta é muito mais consistente e pode trazer de fato aquilo que se espera, sem revanchismo, sem pessoalizar e de fato resolver um problema que hoje assola a população e dá descrédito pelo momento crítico que nós vivemos em relação ao combate à corrupção”, afirmou Aliel. 

A PEC não altera o artigo 5º da Constituição, que diz que ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal. Ela encerra trânsito em julgado da ação penal na segunda instância, que na Justiça comum são os tribunais de Justiça em cada estado e, na Justiça Federal, são os cinco tribunais regionais federais (TRF), extinguindo os recursos aos tribunais superiores.

"Precisamos avançar na segunda instância em toda a morosidade que hoje tá presente na Justiça, nas mais diversas áreas, na civil, na trabalhista e demais áreas. E vamos ter oportunidade de ouvir especialistas e opiniões”, disse Aliel. 

Pelo regimento da Câmara, os parlamentares terão o prazo de dez sessões do plenário para apresentarem emendas ao texto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Barracão - PR
Atualizado às 23h06
23°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 14°
23°

Sensação

5.1 km/h

Vento

62.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner arranha céu
Pulseira Masculina Slot 01
Dieta 21 dias (slot 1)
Blogs e colunas
Schwingel Motos
Ejaculacao slot 2
Pingente Country Slot 2
Últimas notícias
K2 Lanches
Colar Feminino Slot 3
Mais lidas
Net Tri
Brinco Country slot 4
Don José (slot 5)
Anel Pedra Verde Slot 5