Teste01
DÍVIDA

Tri Fronteira - Dívida por contrabando pode ser a causa da morte de argentino

Diego Armando Jara foi morto no último domingo (23)

26/02/2020 09h26Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Marcos Prudente
Foto: Reprodução Jornal da Fronteira
Foto: Reprodução Jornal da Fronteira

A morte de Diego Armando Jara, acorrida no último domingo (23), no início da noite, do lado argentino, próximo ao limite entre Brasil (Barracão/PR) e Argentina (Bernardo de Irigoyen/Mis), pode ter sido motivado por uma divida, que envolve o contrabando de mercadorias argentina, que entram pelos piques (caminhos clandestinos), ao país brasileiro.

Segundo informações dos meios de comunicações da região, tanto brasileiro, como argentino, a hipótese se dá devido a localização da casa da vítima, que fica no máximo 50 metros do Brasil, que facilitaria a prática. Segundo testemunhas de vizinhos de Diego, um homem vestindo um boné e uma camisa de time de futebol, é o principal suspeito do crime, uma vez que o mesmo fez diversas rondas pelo local durante a tarde. Populares chegaram acionar a Polícia Militar (PM) brasileira, avisando que havia um homem com atitude suspeita na região, porém não teriam sido atendidos.

A polícia argentina já pediu ajuda aos policiais brasileiros, para que sejam ouvidas as possíveis testemunhas, para que o inquérito possa dar sequencia e o crime elucidado. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.