Sábado, 27 de Fevereiro de 2021 21:44
(49) 9 9156-0163
Polícia CONSPIRAÇÃO?

Dionísio - Advogado de professor de Muay Thai acusado de estupro, afirma que sexo com aluna foi consentido

Segundo a defesa, a mãe da menina seria contra o relacionamento e teria armado a situação

23/01/2021 10h44 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: PAN/Marcos Prudente
Gaspar Fidelis, Advogado de defesa do acusado/Foto: Reprodução redes sociais
Gaspar Fidelis, Advogado de defesa do acusado/Foto: Reprodução redes sociais

Na manhã de hoje (23) foi coletado mais informações sobre o caso, que liga um professor de Muay Thai, com academia em Dionísio Cerqueira/SC, à um estupro, que poderá ter desfecho favorável ao acusado. Para isso, nossa reportagem entrou em contato com o advogado de defesa do suspeito, que disse que a narrativa de crime foi criada pela mãe da menina de 15 anos de idade, por não aceitar o relacionamento da filha com o instrutor de artes marciais.

Segundo Gaspar Fidelis, advogado de Gilberto, houve relações sexuais com a menina, não só uma vez e que todas foram com consentimento. Para embasar sua defesa, o defensor terá vários prints de conversa no WhatsApp, que a menina declara amor eterno ao professor e que seu sonho seria ficar o resto da vida com ele, o que não caracteriza literalmente um crime, uma vez que a menina já tem 15 anos de idade. 

A prisão preventiva, segundo o advogado, foi embasada apenas nos depoimentos de testemunhas, assim como um exame de corpo delito, porém a menina que seria a vítima de estupro, ainda não prestou depoimento e Gaspar acredita que o relato dela, junto as conversas salvas no app, podem dar outros rumos ao caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias